Aí-há, de haver o dia, amor
Em que eu te espero na mesa
Pra tua surpresa
Eu já passei teu café
Aí-há, eu sonho tanto, amor
Que quase acordo ao teu lado
E dói um bocado ver
Que a cama é para um só

Ai-há é tão forte o choro, amor
De ter luz condenada
Com data marcada
A gente segue a tocar

Aí-há é tão forte o choro, amor
De ter, paixão condenada,
Tão apaixonada
Tem fé que o dia vem.

Composição: Mallu Magalhães/Marcelo Camelo · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Gabriel
13.264 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais