Letras de músicas - Letras.mus.br

Brilho Oculto

Mato Seco

Brilhos Ocultos no céu, o Deus do trovão anuncia sua chegada
Rostos alegres, o luxo, o féu, tudo tem sua hora marcada
Tudo tem seu momento de acontecer e apressar-se não vale de nada
E viva sua vida assim, como um passarinho livre pra voar
Pense só, concentre-se em seu caminho, pois se você se perder
O difícil será voltar, voltar, o difícil é sempre voltar, voltar
E em uma vida onde se perde quase sempre, se ganha quase nunca
Melhor um pássaro na mão do que dois a voar

Voe, voe, voe e vá longe ó pensamento, vá longe buscar
O que eu estou a procurar, o que estou a procurar,
Um lugar onde as pessoas escutem o que a paz tem pra nos falar
Pois aqui não ouvem, parecem até que são todas surdas, as pessoas..
Mas são todas normais, mas se dizem normais
Mas são todas tão normais, e até se julgam normais
Mas e matar um irmão, isso é normal? fale pra mim!
Não é normal nem natural a gente ter que viver assim
Com medo de se aventurar..
Ou um ladrão te roubar ou a polícia, sua lei, sua justiça pode até te matar
Isso não, não é normal pra mim, não
Pois Jah nos deu a vida não pra viver assim, não pra viver assim,
Ele quis amor, paz, sim
E que eu não queira pra você o que eu também não quero pra mim,
É assim, tem que ser assim,
Amor, paz, sim
E que eu não queira pra você o que eu também não quero pra mim,
É assim, tem que ser assim
Que eu não queira pra você o que eu também não quero pra mim,
Foi Jah quem disse, foi o Rei quem quis assim
Que eu não queira pra você o que eu também não quero pra mim
E até para os pobres hipócritas que não gostam de mim
Mas eu não quero pra vocês o que vocês querem pra mim
Amor, paz, sim
E que eu nunca queira pra você o que eu também não quero pra mim
É assim, tem que ser assim

Brilhos ocultos no céu anunciam a chegada de um grande Deus

439.522 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais