Letras de músicas - Letras.mus.br

História de Um Guerreiro

Mc Duduzinho

A sociedade escracha o povo da favela
Mas eles não tão ligados que a cultura veio dela
Fazer o que se eles falam mal de nós
Respondemos, representando com a nossa voz
Parece que na terra só nós existimos,
E temos que viver encurralados, oprimidos
Não somos diferentes, somos igual a qualquer um
A forma que agimos não interfere em algo algum
Eu tenho muita história pra contar a humanidade
Mas eles não escutam, eles não tem coragem
E se eu chego perto, pensa que o mal vai acontecer
Parece que eu vou tirar o direito dele viver
A vida nos ensina a não enfrentar ninguém
E ai o que eu vou fazer pra tentar ser alguém
Não tenho medo nada essa é minha conduta
Levando a vida no talento e sempre na luta

Na avenida da vida, o faz de conta existe
Tento tirar ele do caminho mas ele persiste
Contornando a inveja eu sei que vou seguindo
Aonde o sol se poe, tenho um dia lindo
Na avenida da vida, o faz de conta existe
Tento tirar ele do caminho mas ele persiste
Contornando a inveja eu sei que vou seguindo
Aonde o sol se poe, tenho um dia lindo

Não penso no passado, pois sei que ele é cruel
É a tendencia da vida, tu sempre vira réu
De coisas absurdas que você não acredita
Mas eles te acusam sem ter provas em vista
Só porque você é da favela, acham que é marginal
Te tratam como se você fosse um animal
E eu pergunto pra você uma coisinha
Aonde se encontra a tal da cidadania
Direitos iguais, a todos os brasileiros
É isso que diz o nosso governo
Mas eu não vejo isso e você vê ?
Eu só vejo autoridade me impedindo de viver
É assim que é tratado quem mora na comunidade
É triste e cruel a nossa realidade
Mas de cabeça erguida eu vou levando a minha vida
Eu acredito em deus pois ele é a única saída
Não vou desistir como um moleque comédia
Essa é a minha trilha e vou seguindo ela
Agindo com pensamento e com a inteligência
E no dia-a-dia ganhando experiência
Sou moleque guerreiro é como diz o ditado
Um dia pisado e no outro exaltado
Minha alma tá tranquila sei que sou um vencedor
Aonde vou chegar, sei que ninguém chegou
A falta de vontade não vai faltar porque
Pelo meu ideal eu tenho que lutar
Eu vou continuar, não tenho medo da tragédia
Como diz o menor eu sou a voz da favela
E não adianta você vir me acusando
Eu sei que sou um bom samaritano
Sou cria e não criado essa é a minha vida
E com as minha pernas traçando a minha vida

Tá ligado mermão ?
Nós somos iguais, temos sonhos como todos tem ..
Às vezes pensamos em desistir
Mas deus é muito bom e sempre vai te ajudar
Pense um pouco na sua vida
E vê o que está acontecendo de errado
Às vezes, um simples erro é a causa do seu maior
Fracasso
Pedir desculpas não é vergonha,
Vergonha é você não poder contar para ninguém sobre a
Sua vida
Tudo depende de você e nada, nada é impossível
' e tudo posso naquele que me fortalece ..'

17.220 exibições
Ver mais fotos
302 Found

302 Found


nginx
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais