Originais do Sonho

Nação Zumbi

É como acordar e não poder levantar
Sonhadores sem sono
Melhor viver pra poder sonhar
Mais de um café solar pra não passar do ponto
Com os olhos bem abertos
Solarizado e pronto
Pro sonho instatâneo, original
Sem precisar contar ovelhas
Nem Travesseiro surreal

Rápido pros sonhos
Cedo pra dormir
Rápido pros sonhos

Vez em quando o mundo é pouco
Quase nada pro que vem a seguir
Vez em quando o mundo é pouco
Quase nada pro que vem a seguir
Na ladeira da sua hora
Nunca é tarde pra sonhar
Mas isso quando se pode dormir
Na ladeira da sua hora
Nunca é tarde pra sonhar
Mas isso quando se pode dormir
Ainda não mataram os melhores devaneios
E quando rola colorido por aqui
É preto e branco nesse meio
O solar do juízo abre as portas da vida real
Um novo despertar da carne
Desigual

Rápido pros sonhos
Cedo pra dormir
Rápido pros sonhos
Cedo demais pra dormir e muito rápido pros sonhos
Onírica ótica satírica e cósmica

Vez em quando o mundo é pouco
Quase nada pro que vem a seguir
De vez em quando o mundo é pouco
Quase nada pro que vem a seguir
Na ladeira da sua hora
Nunca é tarde pra sonhar
Mas isso quando se pode dormir
Na ladeira da sua hora
Nunca é tarde pra sonhar
Mas isso quando se pode dormir, dormir, dormir

Vez em quando o mundo é pouco
Quase nada pro que vem a seguir
E na ladeira da sua hora
Nunca é tarde pra sonhar
Isso quando se pode dormir, pode dormir, pode dormir.

Composição: Jorge Du Peixe/Rodrigo Branão · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Ninomatheus
7.398 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais