Maria Pureza

Nelson Gonçalves

exibições 3.241

João do Rosário, modesto operário, vivia tão bem
Até que um dia conheceu a tristeza, nos olhos de alguém
Maria Pureza mostrou-lhe a beleza e o pobre João
Perdeu o emprego, perdeu o sossego do seu coração

E seguindo o fadário, João do Rosário não tem mais prazer
Cheirando a bebida, não liga pra vida, não quer mais viver
E conta quem passa, sua desgraça que tanto consome
Maria Pureza, só tinha pureza no seu sobrenome

João do Rosário, modesto operário, vivia tão bem
Até que um dia conheceu a tristeza, nos olhos de alguém
Maria Pureza mostrou-lhe a beleza e o pobre João
Perdeu o emprego, perdeu o sossego do seu coração

E seguindo o fadário, João do Rosário não tem mais prazer
cheirando a bebida, não liga pra vida, não quer mais viver
E conta quem passa, sua desgraça que tanto consome
Maria Pureza, só tinha pureza no seu sobrenome

(Repete última estrofe)

0 comentários
Terra Música feedback