Finaleto

Noel Rosa

exibições 1.487

Helena, linda flor de Cascadura
Escravo sou da tua formosura
Por ti serei poeta e trovador
Eu dou a vida pelo teu amor

Meu belo condutor de Cascadura
Bancaste muitas vezes cara-dura
Por ti fujo da casa do meu pai
E vou casar contigo no Uruguai

Bem que eu desconfiei de ti, sabido,
Mas a meu pai eu nunca dei ouvido
Juro pelos níqueis que você matou
Que não há pai mais mole do que eu sou

Helena, anjo de candura
Helena, flor de Cascadura...

Eu fui a noiva de um condutor
Prefiro um bobo rico a um doutor
Barbosa é um grande milionário
Já sabe que nasceu pra ser otário
Faz tudo por seu filho Joaquim
No mundo não existe sogro assim

Nós vamos ter mobília primorosa
Oferta grandiosa de Barbosa
As jóias ele vai nos dar depois
Por isso, viva Deus e chova arroz!

Composição: Noel Rosa e Arnold Glückmann (1935) · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Eliane ▫
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback