O Salto

O Rappa

exibições 235.494

As ondas de vaidade inundaram os vilarejos
E minha casa se foi como fome em banquete
Então sentei sobre as ruínas
E as dores como o ferro, a brasa e a pele
Ardiam como o fogo dos novos tempos

E regaram as flores do deserto
E regaram as flores com chuva de insetos
E regaram as flores do deserto
E regaram as flores com chuva de insetos

Mas se você ver em seu filho
Uma face sua e retinas de sorte
E um punhal reinar como o brilho do sol
O que farias tu?
Se espatifaria ou viveria
O espírito santo?

Aos jornais
Eu deixo meu sangue como capital
E às famílias um punhal
À corte eu deixo um sinal!

E regar as flores do deserto
E regar as flores com chuva de insetos

Composição: Carlos Pombo / Lauro Farias / Marcelo Falcão / Marcelo Lobato / Xandão · Esse não é o compositor? Nos avise.
Legendado por daniel e Felype
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback