Letras de músicas - Letras.mus.br

Depois Da Lida

Os Mateadores

No ranchito já me espera a companheira
Com um amargo bem cevado só pra mim
E na estrada quando ela vê a poeira
Fica feliz porque meu dia chega ao fim
Me recebe com um sorriso cristalino
E já indaga como está o meu cansaço
Então eu digo que me sinto um menino
Quando estou no aconchego dos seus braços
Então eu digo que me sinto um menino
Quando estou no aconchego dos seus braços

E me beija perguntando do meu dia
E me diz em um segundo o que fez
A saudade é tanta que parecia
Que ela não me via há mais de um mês

A noite quente vem chegando sorrateira
E seu olhar já atiça os meus sentidos
Ela insinua que existe uma mulher
Toda minha dentro do vestido
Ela insinua que existe uma mulher
Toda minha dentro do vestido

Prometo tanta coisa pra minha linda
Até arco-íris cheio de cor
Mas ela sabe que minha fortuna
Se resume só no meu amor
A melodia seresteira das aguadas
Pede garupa no lombo do vento
E nos faz uma serenata campeira
Quando entra pelo rancho a dentro

Composição: Roberto Huerta / César Oliveira · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Thomas
  • Enviar legenda
  • Cifra
  • Ouvir música
  • Fotos
  • Vídeos
  • Imprimir
  • Corrigir
  • Enviar letra para...
27.684 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais