Quem É da Lida

Os Monarcas

exibições 826

Eu cresci pegando baldas dos tropeiros teatinos
E andejando nos repontes me fiz homem ainda menino
Quem anda assim gauderiando quebra o cacho e não se rende
O capim seco rebrota quem é da lida me entende.

Eu não confio em bugre que esconde faca em pelego
No mormaço anda de ponche pra tapar algum segredo
Quando alguém me estende a mão se não me olha me ofende
Olho no chão é soslaio quem é da lida me entende.

Do lombo do meu cavalo eu vejo o mundo melhor
Deixar um pingo nos trinques é coisa que sei de cor
Um flete que nos foi bueno pra matança não se vende
Cavalo é as pernas dum taura quem é da lida me entende

Num reponte de bailanta primeiro bombeio a sala
Tomo um trago e busco a china boa de dança e de fala
Anca presa e queixo duro é galope que não rende
E o namoro é um galope quem é da lida me entende.

Comigo a coisa é assim sete dias da semana
Minhoca não tem pescoço, garapa é feita da cana
Quem tem confiança no braço do que faz não se arrepende
Bombacha é roupa de homem quem é da lida me entende.

Composição: Leo Ribeiro de Souza / Ivan Vargas · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por PREUSS-LETRAS
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback