A Transposição

Os Nonatos

exibições 10.769

Um sonho de 500 anos
começa a sair do papel
do semi-árido nordestino
pra cana e leite e mel

Milhões de metros cúbicos d'água
milhares de léguas de vida
o sangue doce irriga as veias
da nossa terra prometida

A obra transforma o sertão
num solo produtivo e rico
no peito do nordeste pulsa
o coração do velho chico

Com dois por cento da vazão
do rio com santo no nome
a água inunda três indústrias
do voto da sede e da fome

O nosso IDH é baixo
a taxa de miséria é alta
o líquido da transposição
o mar não vai sentir nem falta

A obra transforma o sertão
num solo produtivo e rico
no peito do nordeste pulsa
o coração do velho chico

Não há impacto ambiental
nem fauna aquática ameaçada
o verde nascendo das cinzas
e a seca morrendo afogada

A força da pressão dos canos
bombeia interligando os vales
a água o bem mais precioso
na redenção dos nossos males

A obra transforma o sertão
num solo produtivo e rico
no peito do nordeste pulsa
o coração do velho chico

Composição: Raimundo Nonato / Nonato Costa · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Vinicios
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback