exibições 4.643

Madrugou, heim! Madrugou!
Madrugou, heim! Madrugou!
Baticum na casa dela noite adentro entrou
Deu zum zum na minha cabeça
eu tô doido de amor
Madrugou, heim! Madrugou!
Madrugou, heim! Madrugou!
Quando vi minha pequena dizendo acabou
Eu que sempre fui moreno fui perdendo a cor
Madrugou, heim! Madrugou!
Madrugou, heim! Madrugou!
Quem me olha tão sereno não sabe que eu tô
Me sentindo tão pequeno pra falar do meu amor
Madrugou, heim! Madrugou!
Madrugou, heim! Madrugou!

Chega mais junto, morena
Que é pr'eu te ver mais de perto
Porque mais que há tempos te tenha
E essa memória me venha
Há tempos que não te enxergo
Se hoje te deixo em sossego
Num céu sujo de altas penhas
É poque não tô bem certo
Chega mais junto, morena
Pr'eu te olhar um pouco mais
Pois não sei se abandono te sentes
E se contas os poentes
Pra ver quão presa ainda estás
E se te quero mais junto, morena
É que o sliêncio é demais

Madrugou, heim! Madrugou!
Madrugou, heim! Madrugou!

Terra Música
feedback