História de Maria

Padre Zezinho

exibições 49.966

Vou lhe contar uma história
de uma jovem chamada Maria,
em Nazaré da Galileia
outra igual eu não sei se existia.
Não sei se eram verdes seus olhos,
se tinha cabelos morenos,
só sei que Maria de Nazaré,
resolveu se casar com José.

Vou começar minha história
relembrando as garotas de então,
em Nazaré da Galileia
o assunto era libertação.
Não sei se eram verdes seus olhos
se tinha cabelos morenos,
só sei que Maria de Nazaré,
resolveu assumir sua fé.

Vou prosseguir minha história,
relembrando as idéias que havia,
em Nazaré da Galileia
a mulher muito pouco valia.
Não sei se eram verdes seus olhos,
se tinha cabelos morenos,
só sei que Maria de Nazaré,
foi a santa mulher de José.


Vou recordar nesta história
as batalhas que o mundo hoje trava,
em Nazaré da Galileia
lá também já se massificava.
Não sei se eram verdes seus olhos,
se tinha cabelos morenos,
só sei que Maria de Nazaré,
inda não conhecera José.

A jovem senhora um dia
recebeu um recado divino,
por ela o amor nasceria
a verdade seria um menino.
Não sei se eram verdes seus olhos,
se tinha cabelos morenos,
só sei que Maria de Nazaré,
aceitou, mas não disse a José.

Vou lhe falar da agonia,
que nos dois corações se criou,
pois ela explicar não podia
e o marido, julgar não ousou.
Não sei se eram verdes seus olhos,
se tinha cabelos morenos,
só sei que Maria de Nazaré,
mereceu o amor de José.

Para Belém noite e dia,
caminharam pro recenseamento,
ninguém deu abrigo a Maria,
não havia mais alojamento.
Não sei se eram verdes seus olhos,
se tinha cabelos morenos,
só sei que no ventre daquela flor,
rejeitaram o libertador.

Vou terminar minha história,
recordando os casais de hoje em dia,
em Nazaré da Galileia
o divórcio também existia.
Não sei se eram verdes seus olhos,
não sei se foi loira ou morena,
só sei que Maria de Nazaré,
foi fiel a seu Deus e a José.

Terra Música
feedback