Letras de músicas - Letras.mus.br

Viola de Ouro

Palmeira e Biá

Riachão das Alagoas era um famoso violeiro
Só cantava por dinheiro nas festanças lá da praça
Mais a pedido do padre na festa de Santa Cruz
Por devoção á Jesus ele foi cantar de graça
Nesta noite Riachão quebrou toda violeirada
E no meio da moçada pegou se engrandecer
Aqui vai meu desafio com esta viola no peito
Nem o diabo eu respeito se pra mim aparecer.

Com a arrogância do violeiro uma velha se benzeu
Com certeza ele bebeu não sabe o que está falando
Quando foi na fim da festa Riachão pegou a estrada
Na primeira encruzilhada alguém estava lhe esperando.

Era um vulto que lhe disse numa voz que dava frio
Eu ouvi seu desafio e aqui estou pra lhe enfrentar
Minha viola que é de ouro lhe darei se vós vencer
Mais porém se vós perder sua alma eu vou levar.

Riachão pensou em correr mais viu que não tinha jeito
Pois a viola no peito nessa hora ouviu um estouro
O vulto tinha sumido sem dar uma explicação
Deixando com Riachão sua viola de ouro.

É que a lua por milagre entre as nuvens aparecia
Clareando como um dia com o seu raio de luz
E a viola atravessada no peito de Riachão
Fez uma sombra no chão no formato de uma cruz.

987 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais