Provavelmente você

Paulinho Moska

exibições 18.568

De manhã sempre acordo
sem perceber
Que você ainda está ao meu lado
sem me perder
Sinto como estou cansado
do trabalho que é viver
E na fumaça de um cigarro
meu olhar quer transceder
Cada segundo infinito se conta
Cada infinito contado desmonta
Quando seu vulto começa aparecer

Quem será que me ama sem eu me dar conta
Provavelmente você

Dirigindo o meu carro
vou tentando entender
Sei que tudo é tão bizarro
quanto possa parecer
Mas um blues toca eu tiro um sarro
imitanto performè
(provavelmente você)
É nesse instante é que me esbarro
nas esquinas do prazer

Cada segundo infinito se conta
Cada infinito contado desmonta
Quando seu vulto começa aparecer

Quem será que me ama sem eu me dar conta
Provavelmente você

Terra Música
feedback