Senhor do Tempo

Paulo César Baruk

Eu busco tempo para tantas coisas
São tantos planos para pouco tempo
Em meio a tudo o que exige tempo
Eu já não tenho tempo pra falar com Deus
Eu me disponho para o trabalho
E sem notar eu perco o horário
Só resta tempo pra fechar a porta
Pra tudo que na realidade importa

Não tenho tempo para descansar
Rever amigos e conversar
Já não consigo me assentar a mesa
E alimentar o que a alma almeja
E quando eu quero viver o tempo
Tal fumaça some num momento
E antes que tudo perdido esteja
E antes que tarde demais eu perceba que

Ganhei meu mundo
Perdendo a alma
Tentei de tudo
Me vi sem calma
Busquei tão longe
Quando tão perto
Teria tudo do jeito certo
Vem ser o Senhor deste mundo
Vem ser o Senhor da minha vida
Em todo tempo, Deus

Não tenho tempo para descansar
Rever amigos e conversar
Já não consigo me assentar a mesa
E alimentar o que a alma almeja
E quando eu quero viver o tempo
Tal fumaça some num momento
E antes que tudo perdido esteja
E antes que tarde demais eu perceba que

Ganhei meu mundo
Perdendo a alma
Tentei de tudo
Me vi sem calma
Busquei tão longe
Quando tão perto
Teria tudo do jeito certo
Tentei de tudo
Vivi sem calma
Busquei tão longe
Quando tão perto
Teria tudo do jeito certo

De que vale a um homem
A qualquer homem
Ganhar o mundo inteiro
E por inteiro se perder

Ganhei meu mundo
Perdendo a alma
Tentei de tudo
Me vi sem calma
Busquei tão longe
Quando tão perto
Teria tudo do jeito certo
Vem ser o Senhor deste mundo
Vem ser o Senhor da minha vida
Em todo tempo (...)

Composição: Paulo Cesar Baruk · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por joy, Legendado por larabethania
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música
feedback