Tudo Por Nada

Paulo Ricardo

exibições 411.628

Se eu soubesse que ia ser assim
Tudo por nada
E confesso que eu acreditei
Em meias-verdades

Você nunca me disse
Te amo
Mas também não disse que não

Enquanto eu fazia tantos planos
Que você nunca vai saber
Nunca vai saber

Quando você ama alguém que não te quer
Quando há um outro homem, outra mulher

Mesmo assim ainda
Te amo
Mesmo sabendo que eu
Posso, de repente
Ser o outro
Não posso te esquecer

Se eu soubesse que ia ser assim
Desde o começo
Não teria te ligado não
Mas bem que eu mereço

Alguém tão diferente brilhava
E parecia querer
Aquilo que eu sempre sonhava
E que você não soube ser
Você não pôde ser

Quando você ama alguém que não te quer
Quando há um outro homem, outra mulher

Mesmo assim ainda
Te amo
Mesmo sabendo que eu
Posso, de repente
Ser o outro
Eu não consigo te esquecer
Não posso te esquecer

Se eu soubesse que ia ser assim
Tudo por nada
E confesso que eu acreditei
Em meias-verdades

Você nunca me disse
Te amo
Mas também não disse que não

Enquanto eu fazia
tantos planos
Que você nunca vai saber
Nunca vai saber

Quando você ama alguém que não te quer
Quando há um outro homem, outra mulher

Quando você ama alguém que não te quer
Quando há um outro homem, outra mulher

Composição: Simon Climie / Dennis Morgan - Versão: Paulo Ricardo · Esse não é o compositor? Nos avise.
Legendado por bac
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música
feedback