exibições 4.930

Não suportando a sua ausência eu a procurei
E ao chegar num falso ambiente eu a encontrei
Pelas cortinas de uma janela eu vi meu amor
Trocando beijos, nos braços de outro, eu chorei de dor

A longa noite calma foi passando, veio a madrugada
Embriagada debruçou-me na mesa, sozinha ficou
Amargurada pela grande mágoa tinha em suas mãos
Era o retrato do dia sagrado da nossa união

Chamei seu nome, ela conheceu, veio me abraçar
Quis beijar-me, mas os seus carinhos eu não aceitei
E dos teus olhos vi quando caíram lágrimas de dor
Por compreender que chegou ao fim de um grande amor
Dei meu adeus àquela mulher, que foi minha vida
E do teu dedo tirei a aliança que uniu nosso amor
Saiu chorando e na sombra da noite desapareceu
Desiludida, seguindo o caminho que o mundo lhe deu

0 comentários
Terra Música feedback