Letras de músicas - Letras.mus.br

Dona da Beleza (part. Loiziani)

PensoAtivo

(Dan)
Esse som vai em homenagem a todas as donas da verdadeira beleza

Dona da Beleza, Dona da Beleza ..

É revigorante cada estante ao teu lado,
a guerra vira paz e o mundo fica iluminado
No momento adequado tu sorri e se aproxima,
não esqueci quando eu te vi quis que tu fosse minha mina, minha sina
Te preocupando pede pra me ouvir rimando,
gosto de ficar te olhando, nem sinto o tempo passando
A vida na simplicidade, os meu dedos te alcançando,
teu sorriso me encanta, os versos vão se harmonizando
Achei graça e tu disfarça que os playboys tão iludido,
te ganhei quando mandei aquele free no teu ouvido
Possuído, pervertido, uma energia que me excita,
Dona da Beleza é com certeza a mais bonita
Gostosa, teimosa sobe os meus batimentos,
Super poderosa invadiu meus pensamentos
Tomou meus sentimentos, me trouxe novos ventos,
não é 8 nem 80 tu tá mais pra 800

(Loiziani)(refrão)
Vem me dar seu calor, debaixo do cobertor,
Dona da Beleza e da pureza interior
Esquece os falador, vem com seu rimador,
seja pra onde for teu corpo é arte pra eu compor (2x)

(Dan)
Ninguém bota fé, vários estresses com o pai dela,
a mina mais de fé, de mão dada com o sequela
O mundo é dela, tudo é ela, nem aí pro que se passa,
enquanto ela faz a unha, eu faço sessão de fumaça
Nada embaça tá ligado quando o papo é verdadeiro,
às vezes até me pego pensando em fazer um herdeiro
Ativo o pensamento, te apresento pros parceiro,
tu é tão interesante, eu sou agulha no palheiro
Nosso lance é incessante, meu calmante predileto,
duas paredes, um colchão e a gente vai até o teto
Tu gosta da minha marra, sempre quis ter um cara esperto,
nosso olhos se esbarram, a gente conversa quieto
É força da atração, junção da oposição,
duas metades da laranja, flores pro teu coração
Energias do universo fluem ao nosso favor,
peito aberto pros problemas, dilemas de um rimador

(Loiziani)(refrão)
Vem me dar seu calor, debaixo do cobertor,
Dona da Beleza e da pureza interior
Esquece os falador, vem com seu rimador,
seja pra onde for teu corpo é arte pra eu compor (2x)

(Dan)
Quando eu entro na loucura aos teus pés, sou exagerado,
tu é a dona do baile, eu sou o malandro apaixonado
Sequelado e inconstante, tudo é muito irrelevante,
teus carinhos me transformam num mero iniciante
A gente distante é asa sem avião,
a vida em preto e branco, o mundo roda em lentidão
Deus te desenhou assim e entregou na minha mão,
que da sua obra perfeita eu fosse o guardião
Tu podia ter escolhido os maluco de terno,
mas prefere tá comigo e ser rima no meu caderno
Cada passo ao teu lado é guardado como eterno,
a pureza da tua alma é o paraíso nesse inferno
Fortalece com os trocado, largado, sempre quebrado,
princesa da realeza segura a mão do surtado
Me chama de mal humorado, maluco, descontrolado,
mas liga o DVD que tu se enrosca do meu lado
O Sol nasce e adormece, a gente faz amor e briga,
pras mancada eu faço rima deitado na tua barriga
As amiga dão moral, pela saco fala mal,
olho grande não se expande, então bucha vê legal
A beleza interior torna tudo mais profundo,
o belo por fora acaba, o tempo vem pra todo mundo
É por isso que eu digo, perfeição ainda não existe,
mas com a Dona da Beleza tudo fica menos triste

E tudo fica menos triste...

(Loiziani)(refrão)
Vem me dar seu calor, debaixo do cobertor,
Dona da Beleza e da pureza interior
Esquece os falador, vem com seu rimador,
seja pra onde for teu corpo é arte pra eu compor (2x)

Composição: Dan Mc e Correia · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por João
6.927 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais