Letras de músicas - Letras.mus.br

Capa de Jornal

Project46

Ae pilantra, pensou que ia se dar bem?
Roubou, matou, explorou. Tirou de quem não tem?
Se sua vida não tem sentido, não atrapalha, não atrasa quem tá no caminho
Se sua vida é um desperdício, pode deixar que eu dou um fim nisso

Então, cola na grade e vem, toma murro na boca
Por você minha maldade vem. Joga na vala nessa porra

Quer ser o fodão, mete uma mala que você não tem
Faz cara de mal põe o dedo na cara, só faz o que te convém
Não aguenta nem um peido, e quando o bicho pega, liga pro papai
Mas agora nem tente, só se vier aqui varrer seus dentes

Então, cola na grade e vem
Só por você a minha maldade vem

Isso aqui não é lição de moral (sem vez)
Não vou gastar saliva com marginal (sem vez)
A treta é forte, se tiver sorte você corre
A treta é forte, na minha sorte você morre

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Então pode vir, que eu vou tá sempre aqui
Porque eu não fujo, eu luto, eu mesmo no escuro, eu busco
Eu sinto o seu cheiro de medo, eu farejo, eu percebo, eu nunca esqueço
Fica na moral marginal, se deu mal, virou capa de jornal

Capa de Jornal

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Vamo ae!

Cotovelada, joelhada, soco e pontapé
Cheguei quebrando, arregaçando pro que der e vier
Eu tentei, te avisei que ia pegar você
Só vou parar de bater, quando minha mão adormecer

Filha da Puta!

Composição: Caio Macbeserra, Jean Patton, Vini Castellari, Rafa Yamada e Gui Figueiredo · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Jean
Legendado por rockitor e Profeta HC
18.431 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais