Desespero De Uma Noite

Roberta Miranda

exibições 25.033

No segundo andar meu apartamento
A sala tão fria
O vento batia na minha janela
Meu rosto molhado
Lágrimas caíam sobre o tapete
Da sala vazia
Aqui não tem vida
Pois a minha vida já não existia
Veio o desespero
Saí como louca correndo pra rua
Estava semi-nua e abracei você
Implorando ajuda
Me desculpe amigo tudo tem seu preço
Não me deixe agora
Me leva pra algum lugar, preciso falar

Vou desabafa, perguntar a você
Já sofreu de amor, já se apaixonou
Por alguém um dia
Você vai entender ao saber o por que
Da minha loucura
Assim semi-nua no meio da rua

Meu amigo dói
Esta dor não passa
Minha alma rasga, meu peito explode
Já não tenho garra
De amores brinquei, de amores duvidei
Hoje estou sentindo
Um abismo a um passo dos meus pés

Terra Música
feedback