Privilegiadas

Rose Nascimento

exibições 109.513

Quando tudo terminou, Deus no sétimo descansou
Mas na formação do Éden, viu que algo lhe faltou
Deus olhou para Adão, nele um sono fez cair
A Adão anestesiou, doutor Deus lhe operou,
Fez outra vida surgir
Tudo que Jeová criou foi com poder,
Deus não precisou de fé
Para o bem da união, da costela de Adão,
O Senhor fez a mulher

Levantem a bandeira mulheres guerreiras,
Mulheres de luta, jejum e oração
Privilegiadas por Deus são vocês,
Por Deus protetor desde a criação
Vocês tem história, a bíblia revela,
Mulheres valentes na obra de Deus
Ester era órfã e tão simplisinha
Deus a fez rainha, porque Deus é Deus

Ana e Sara viviam orando ao senhor,
Queriam ter filhos e Deus lhes ouviu,
Persistiram na benção, buscando poder,
E nelas a palavra do Senhor se cumpriu
Rebeca, a moça do cântaro de água ,
Casou com Isaque, porque obedeceu
Raquel, a pastora de ovelhas do Pai,
Pediu e recebeu uma benção de Deus

Quer mais, receba aí
Quer mais, é só dar lugar
Quer mais, pode pedir,
Jesus trouxe benção pra mim e pra ti

Débora e Miriam, mulheres valentes,
Testemunhas vivas do poder de Jeová
Na batalha elas viram barreiras caírem,
No poder da oração, muralhas desabarem
Viram o Senhor fechar a boca dos leões
Viram o servo Moisés com fé tocar no mar
Viram as águas se abrindo numa boca só
E o mar engolir o exército de Faraó

Para o bem da união, da costela de Adão
O Senhor fez a mulher

Composição: Jorge Binah · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Lia, Legendado por Lucas
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música
feedback