Canção do Amigo

Rui Biriva

exibições 50.516

Os amores qual as flores são encantos passageiros
Em chegadas e partidas, mas te digo companheiro amigo á pra toda
vida
Todo amor cobra seu preço, brilha mas se despedaça
Beija e deixa cicatrizes, porém as horas felizes o amigo traz de
graça

Amizade, amizade, é dom divino da paz
É poesia e violão cantando a mesma canção com duas vozes iguais
São os diamantes da vida que brilham nos olhos da gente
Um amigo é para sempre, um amigo é para sempre

É um duende, é uma fada, é nosso anjo da guarda
A mãe, o pai, o filho, a eterna mão abençoada sempre estendida
ao auxílio
Quando mesmo Deus nos falta, mesmo assim está presente
Pois se a gente leva um tombo, o amigo empresta o ombro e chora
junto da gente

Amizade, amizade, é dom divino da paz
É poesia e violão cantando a mesma canção com duas vozes iguais
São os diamantes da vida que brilham nos olhos da gente
Um amigo é para sempre, um amigo é para sempre

Composição: rui biriva/elton saldanha/vaine darde · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Vanessa Way, Legendado por vallepastel
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback