Letras de músicas - Letras.mus.br

A Garagem da Vizinha

Sandro e Gustavo

Lá na rua onde eu moro
Conheci uma vizinha
Separada do marido
Está morando sozinha
Além dela ser bonita
É um poço de bondade
Vendo meu carro na chuva
Ofereceu sua garagem.
Ela disse: "Ninguém usa desde que ele me deixou. Dentro da minha garagem teia de aranha juntou. Põe seu carro aqui dentro, senão vai enferrujar. A garagem é usada, mas seu carro vai gostar."

Refrão (2x)
Põe o carro, tira o carro.
Na hora que eu quiser
Que garagem apertadinha
Que doçura de mulher
Tiro cedo, ponho a noite e também de tardezinha
Tô até trocando oleo na garagem da vizinha...

Só que meu poçante tem
Uma linda carretinha
Que eu uso pra vender coco
Na minha cidadezinha
Mas a garagem é pequena
O que é que eu faço agora?
O meu carro fica dentro e os cocos ficam de fora

A minha vizinha é boa
Da garagem vou cuidar
Na porta o mato cresceu
Dei um jeito de cortar
A bondade da vizinha é coisa de outro mundo
Quando não uso a da frente uso a garagem do fundo

Refrão (3x)

30.622 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais