A Doida

Seu Jorge

exibições 383.037

A doida vazou
A doida vazou
Nem quis meu amor
Nem quis meu amor

Ela se querendo toda foi chegando, doida,
pra perto de mim
eu fui me sentindo o cara, botei a minha cara,
pensando no fim

Ela, toda venenosa de vestido rosa
pra me seduzir
Eu banquei a noite inteira, foi tanta saideira
e nada de partir

E ela no absolut, misturando ice, uísque e redbull
Eu vivi um pesadelo,
entrei em desespero
e fiquei a bangu
A galera da balada tava antenada no seu proceder
Eu não quis saber de nada, banquei essa parada, eu não sou de perder...

Perdi.
Foi clareando o dia,
e eu na agonia,
a banca quebrou
Ela saiu de fininho,
me negou carinho
e foi pegar o metrô

A doida vazou
A doida vazou
Nem quis meu amor
Nem quis meu amor

Ela se querendo toda foi chegando doida
Pra perto de mim
Eu fui me sentindo o cara, botei a minha cara
Pensando no fim

Ela, toda venenosa de vestido rosa
Pra me seduzir
Eu banquei a noite inteira, foi tanta saideira
E nada de partir

E ela no absolut, misturando Ice, Whisky e Red Bull
Eu vivi um pesadelo, entrei em desespero
E fiquei a bangu
A galera da balada tava antenada no seu proceder
Eu não quis saber de nada, banquei essa parada
Eu não sou de perder

Perdi
Foi clareando o dia
E eu na agonia
A banca quebrou
Ela saiu de fininho
Me negou carinho
E foi pegar o metrô

A doida vazou
A doida vazou
Nem quis meu amor
Nem quis meu amor

A doida vazou
A doida vazou
Nem quis meu amor
Nem quis meu amor

A doida vazou
A doida vazou
Nem quis meu amor
Nem quis meu amor

A doida vazou
A doida vazou
Nem quis meu amor
Nem quis meu amor

Composição: Seu Jorge / Leandro Fab / Pretinho da Serrinha · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por PEREIRA, Legendado por naninhaah e Laiza
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback