Mansões celestiais

Shirley Carvalhaes

exibições 30.765

Mansões Celestiais - Oséas Cordeiro
I
Ele desceu das mansões celestiais por minha culpa,
E assentou-se em um banco de réus pelos pecados meus.
Ele chorou muitas vezes aqui neste vale de lágrimas,
Porque via no rosto de muitos a indiferença.
Chorou sangue no horto por mim,
Deixou marcas de sangue no gólgota,
E subiu ao madeiro onde foi crucificado.

Refrão:
Dou glória a Deus, pois remido já sou com meu cristo.
Sou já herdeiro da vida que ele ganhou.
Vitorioso um dia sobre a morte com Ele serei.
Em corpo incorruptível me transformarei.
II
Entre ricos Ele foi sepultado por minha culpa,
E uma pedra de grande tamanho o sepulcro fechou.
Bem guardado ficou o corpo Santo do meu mestre amado,
E era o início do terceiro dia quando varões do céu,
Removeram a pedra tamanha,
E o meu Cristo ressurgiu vitorioso,
E é por isso que minh'alma canta Aleluia!

Terra Música feedback