Carta de Alforria

Suellen Lima

exibições 84.481

O que era mal afastou de mim
E o que condenava-me, Jesus pós um fim
Pesou nos ombros
De um inocente o pecado que era meu
Foi na cruz, sim na cruz
Foi dissipado através de Jesus
Todo o erro meu ficou
Cravado lá na cruz
E a vergonha que estampava em mim
E o manto impuro que cobriu o meu ser
Por tanto tempo me afastou de Deus
Foi rasgado na cruz através do sangue de Jesus

Os grilhões foram quebrados
As correntes,as algemas também
A prisão eterna que me esperava
Foi desfeita, destruída ali
Sou livre

Foi lá na cruz
Que Jesus comprou
Todo erro que era meu, Jesus pagou
Foi lá na cruz, que Jesus levou
A carta de alforria e me libertou
Sou livre

Terra Música feedback