Gaúcho Amigo

Teixeirinha

exibições 29.785

Tá garoando lá fora
Boleia a perna, gaúcho,
E chegue cá pro galpão
Onde tem chimarrão
Não precisa ter luxo

Vem me contar da tristeza
Que está abatendo no teu coração
Eu soube que a china que amavas partiu,
De ti desistiu, foi pra outro rincão
Não liga pra isso, agüenta o repuxo
Tá certo, gaúcho, a china é potra
Goleia o amargo da cuia prateada
Isso não é nada, tu arruma outra.

Tá garoando lá fora
Boleia a perna, gaúcho,
E chegue cá pro galpão
Onde tem chimarrão
Não precisa ter luxo

Senta aqui perto do fogo,
Desaba essa mágoa e conta a história
Eu também te conto o que passou comigo
Gaúcho amigo, saí com a vitória
Não lembro o dia, mas foi certa vez
Uma china me fez sair porta afora
Chamei a danada e segurei no braço
Passei-lhe o laço e mandei ela embora

Tá garoando lá fora
Boleia a perna, gaúcho,
E chegue cá pro galpão
Onde tem chimarrão
Não precisa ter luxo

Não chores, não tenha tristeza
Enxugue este pranto que cai do teu rosto
Tira da lembrança essa china maleva
Apaga esta treva de mágoa e desgosto
Faça o que eu fiz, uma outra arranjei
Com esta casei e garanto que presta
Mas se me for falsa eu suspendo o pala
E meto uma bala no meio da testa

Tá garoando lá fora
Boleia a perna, gaúcho,
E chegue cá pro galpão
Onde tem chimarrão
Não precisa ter luxo

Terra Música feedback