A Volta Da Cunhada

Teodoro e Sampaio

exibições 10.872

Outra vez minha cunhada voltou a me visitar,
Faz dois anos que ela veio, hoje tornou à voltar.
Trocou o vestido vermelho por uma louca mini-saia...
Cunhada eu te respeito mas vestida deste jeito, meu coração se "atrapaia".

Coro: Ô cunhada... você é fogo, é perigo à vista,
É um avião que está na minha pista, é uma loucura, é muita paixão...
Eu estou carente e você lá em casa corre perigo...
Duvido que vai passar batido quem é chamado de garanhão!

Eu preciso dar um jeito na minha louca paixão...
A cunhada é uma sereia, é brasa em meu coração.
Sua irmã no meu pé, fazendo a marcação...
Não me responsabilizo, posso perder o juízo... é carga demais pro meu caminhão!...

Coro: Ô cunhada................chamado de garanhão!

0 comentários
Terra Música feedback