Meu Desespero

Teodoro e Sampaio

exibições 2.488

Quando o negro manto da noite desce
Pouco a pouco vou perdendo a minha calma
Enquanto a lua no horizonte aparece
Nos desespero cresce dentro d eminha lama.

Por que distante de mim aquela mulher
E me feriu meu coração com grande dor
Pois numa noite por um outro homem qualquer
Ela foi embora renegando meu amor

E quando a lua vai sumindo no horizonte
Outros boêmios levam a vida que eu tinha
Pedindo a deus que o sol nunca desponte
Dorme nos braços da mulher que já foi minha.

Terra Música
feedback