O Mineiro e O Italiano

Tião Carreiro e Pardinho

exibições 59.810

O mineiro e o italiano viviam às barras
Dos tribunais numa demanda de terra
Que não deixava os dois em paz
Só de pensar na derrota o pobre caboclo
Não dormia mais
O italiano roncava nem, que eu gaste alguns capitais
Quero ver esse mineiro voltar de a pé pra minas gerais

Voltar de a pé pro mineiro seria feio pros seus parentes
Apelou para o advogado: Fale pro juiz pra ter dó da gente
Diga que nós somos pobres que meus filhinhos vivem doentes
Um palmo de terra a mais para o italiano é indiferente
Se o juiz me ajudar a ganhar lhe dou uma leitoa de presente

Retrucou o advogado: O senhor não sabe o que está falando
Não caia nessa besteira senão nós vamos entrar pro cano
Este juiz é uma fera, caboclo sério e de tutano
Paulista da velha guarda família de 400 anos
Mandar leitoa para ele dar a vitória pro italiano

Porém chegou o grande dia que o tribunal deu o veredicto
Mineiro ganhou a demanda, o advogado achou esquisito
Mineiro disse ao doutor: Eu fiz conforme lhe havia dito
Respondeu o advogado que o juiz vendeu e eu não acredito
Jogo meu diploma fora se nesse angu não tiver mosquito

De fato, falou o mineiro, nem mesmo eu tô acreditando
Ver meus filhinhos de a pé meu coração vivia sangrando
Peguei uma leitoa gorda, foi Deus do céu que me deu esse plano
Numa cidade vizinha, para o juiz eu fui despachando
Só não mandei no meu nome
Mandei no nome do italiano.

Composição: Tião Carreiro e Pardinho · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por ronalbessa, Legendado por viniciusmorais e brubs
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música
feedback