Sublime Silêncio

Toca de Assis

exibições 28.573

Do teu majestoso silêncio estás, a me olhar,

Nada mais preciso, nem anseio...

Em ti Senhor a minha liberdade, minhas asas
são teus braços abertos na Cruz.

Quando entras em mim, todo meu ser, se ilumina,
E o meu nada se faz tudo, pelo fogo do teu amor.
Preciso destes momentos sublimes,
Entre Tu, Senhor e eu grão de pó,
Leva-me com teu olhar, aonde tu moras Amado

E Sacia a angustia e a saudade de minh´alma pra sempre.

Terra Música
feedback