Meus irmãos, não deixem vossos filhos diante da televisão,
Ela vai alienar nossas crianças ..

Eu posso ser , o crime permanente,
Eu posso tá no seu sub-consciente,
E você é um pivetinho no campinho jogando bola,
E eu numa maldade te ganhando la de fora,
Cheguei tirando o óculos dando o psicológico,
Fazendo uma pergunta que a resposta era óbvio:
- Cê joga pra carai hein , parece o Pele rei,
Prazer meu nome é Jhow fala o seu que eu não sei.
- Meu nome é Zequinha, eu moro na vilinha ,
Meu primo chama Léo , e Gabi minha priminha,
Você não é daqui , por que nunca te vi ,
Eu sempre jogo bola aqui nesse campinho.
- Verdade eu sou estranho, gostei cê é sabido,
Eu tenho uma empresa sou feliz bem sucedido,
Carro não é problema, dinheiro eu jogo fora,
Minha goma tem piscina agora tchau que eu vou embora.
- Ai cê vai embora, eu posso perguntar ?,
Você é o politico que vai nos ajudar ?,
Eu quero um carrinho de controle remoto,
O Léo uma bicicleta e meu pai ganhar na loto,
Minha mãe queria ter uma casa pra morar,
Por que ela trabalha sem poder realizar.
- Zequinha eu quero ser apenas seu amigo,
Mas se você quiser pode trabalhar comigo,
Eu pago pra você metade de 1 dólar,
Cê ajuda sua mãe e leva o resto pra escola,
Seu trampo vai ser boi ,
Cê vai ter que ficar,
Parado na viela atendendo quem chegar,
Cê pega o dinheiro ,
Entrega o negocio ,
Se você representar no futuro é um novo sócio.

Vamos olhar, para nossas crianças ,
Que é a razão , do futuro e a esperança,
A vida não é como nos filmes,
Cuidado com a face oculta do crime.

- A vida é loka, meu pai já me dizia,
Viver no gueto vish,
Ou na periferia ,
Tu tem que ser de fé,
Tem que dar role de a pé,
Favela é sinistra né ? sei como é que é,
Liga os gambé ?
Se você quer saber ,
Pai eu prometo representar você,
Quero estudar e não ser mais um da lista,
Nao tenho nada contra se eu não gosto da policia,
Ja matou meu tio que era pichador ,
Tambem prendeu meu pai e 7 anos ele ficou,
Sorte que eu sou novo e vim para mudar,
Ai rapa do rap quem quiser pode colar,
A revolução , ela não tem idade,
Quem é vem no refrão quem não é cola na grade

Vamos olhar, pras nossas crianças que é a
Razão, o futuro e a esperança a vida não é como num
Filme, cuidado com a face oculta do crime..

- Ai pai, da dinheiro pra mim comprar um carrinho de controle remoto que eu vi na televisão ?
- Televisão ? run,
Só serve pra enganar.
- Ai pai chama o rambo pra poder te ajudar,
Outro dia eu assisti ,
Na tela do plim-plim que ela pega o inimigo e de repente faz assim,
O estranho foi que eu vi,
Que ele nunca morre,
Os outros atiram nele mas que bala ele corre.
- Ai pai cê é adulto, e vai me responder,
Será que é verdade o que passa na TV ?
- Ai Zequinha senta aqui,
Papai vai te ensinar ,
Televisão só serve pra poder alienar,
Te oferecem carro novo, 50 prestações,
Tá vendo o que eu te disse,
Eles vendem ilusão,
Pega as mina da antiga,
Que era tipo puta,
' Alô quem tá falando ? fala que eu te ''escuta'' ',
Tem até atriz pornô ,
Brincando de criança.
Filho eu tenho esperança que Jesus irá voltar,
Pra tudo organizar,
E no dia do juízo eu quero ver quem vai gritar:
'' Ai senhor eu espantei , demônios em seu nome,
Eu fiz tudo certinho, eu ajudei quem teve fome ! ",
Afastai os diabos de mim,
Eu não vos conheço,
O fogo do inferno "cêis" pago ,
Esse é o preço ,
De suas trapalhadas,
Orgias que cê morra,
Igual nas escrituras de sodoma e gomorra,

Vamos olhar, pras nossas crianças que é a
Razão, o futuro e a esperança a vida não é como num
Filme, cuidado com a face oculta do crime..

Composição: (Trilha Sonora Do Gueto) · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Daniela
Legendado por vhsloco e renata.
172.807 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais