Honrando o Profeta

Vanilda Bordieri

exibições 18.950

Pensando bem, cheguei a conclusão
Precisamos matar nossos filhos, é a única solução
Primeiro o teu, para o jantar, e amanhã entrego o meu,
Conversavam as mulheres, esquecendo do seu deus.
Quando o rei parou e ouviu, a história de terror,
Rasgou os seus vestidos, e ao profeta elizeu culpou
Questionou consigo mesmo, não, isto não é real
Preciso matar o profeta para acabar com esse mal,
E falou para o profeta, e elizeu lhe respondeu
Não se preocupe, ó rei, amanhã terás comida, são as palavras do meu Deus,
Mas o capitão não acreditou, daquele profeta ele duvidou,
Ah, quero ver pra crer,
Ainda que se abram as portas do céu escancarem as janelas,
Para o infiel, é impossível sim,
Mas deus tem seu propósito para agir, usa quem não é só para confundir,
Escolhe quem não pode pra o representar,
Acha graça em leprosos para operar,
Faz o inimigo deixar para traz toda comida, para honrar o profeta e preservar a vida,
Quem confia nele não será envergonhado,
O banquete do seu povo já está preparado,
{refrão}
Vai leprosos, marchando, seguindo, fazendo tremer toda a terra assustando o inimigo e o povo, nem acreditou.
Leprosos, doentes, feridos também despresados, mas representantes fiéis do exército, do grande eu sou. e quem duvidou do profeta ficou esmagado, quando o povo ouviu saiu desesperado, para tomar posse do que deus mandou, e só para honrar o profeta deus agiu assim, fez de homens fracos valentes, enfim, mas não deu a bênção pra quem duvidou.
Então fale o que deus te manda, seja corajoso, se preciso for, deus vai usar leproso, mas o seu profeta o senhor vai honrar, ainda que a sua cabeça venha correr perigo, fale o que deus manda, deus está contigo, diante do povo o senhor vai te honrar, o homem de deus envergonhado não será, o homem de deus envergonhado não será.(bis)

Composição: Vanilda Bordieri e Célia Sakamoto · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Khimberly
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
0 comentários
Terra Música feedback