Letras de músicas - Letras.mus.br

Condores sobrevoam minhas tranças
Muitos até fingem entrar na dança
E dão uma de que são amigos
Mas não enxergam além do próprio umbigo
Vivem espreitando, esperando alguém estar fraco
Ludibriam e depois empurram no buraco

Abutres (Ahn), famintos de riqueza
Homens desalmados que destroem a natureza
Quando o Príncipe da Luz aparecer
Me diga, opressor, pra onde você vai correr?

Abutres (Ahn), famintos de riqueza
Homens desalmados que destroem a natureza
Quando o Príncipe da Luz aparecer
Me diga, opressor, pra onde você vai correr?

Condores sobrevoam minhas tranças
Muitos até fingem entrar na dança
E dão uma de que são amigos
Mas não enxergam além do próprio umbigo
Vivem espreitando, esperando alguém estar fraco
Ludibriam e depois empurram no buraco

Abutres (Ahn), famintos de riqueza
Homens desalmados que destroem a natureza
Quando o Príncipe da Luz aparecer
Me diga, opressor, pra onde você vai correr?

Abutres (Ahn), famintos de riqueza
Homens desalmados que destroem a natureza
Quando o Príncipe da Luz aparecer
Me diga, opressor, pra onde você vai correr?

Com certeza, todo o mal será vencido
O Messias catará os Escolhidos
Já é tempo de encarar a real
Está próximo o Juízo Final

Com certeza, todo o mal será vencido
O Messias catará os Escolhidos
Já é tempo de encarar a real
Está próximo o Juízo Final

O Messias catará, catará
Os Escolhidos, os Escolhidos
Os Escolhidos, os Escolhidos

47.237 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais