Asma

Visconde

E veja só onde é que a gente chegou
Como alguém pode chamar isso de amor,
Se hoje escrevo com navalha
Em minha pele o que eu preciso esquecer?

Perceba as coisas que você me falou
Como alguém pode dizer que não mudou?
Se eu sou o fruto da minha falha,
As suas falhas podem definir você

E quando acordar...
Aonde vai estar?
Que roupa vai vestir?
Aonde quer chegar?

Não dá pra abandonar a posse do 'sentir'
Mas hoje estou aqui disposto a te apagar

Um mau espírito pegou tua mão
E enegreceu a cor do teu coração
E apenas eu fui testemunha
Mas não me encontro em posição pra te julgar

Pois também tenho um lado negro só meu
Apenas nunca quis ter visto o seu
E eu sei que não existe nada
Nessa vida que vai nos fazer mudar

E quando a dor chegar,
Quem é que vai te ouvir?
Te fazer respirar?
Te devolver o ar?

E quando acabar,
Um corpo pra esquecer
Feridas pra sarar
E o 'adeus' que eu não falei

Sou um retrato que a tua mão revelou
Cópia barata do que eu acho que eu sou
E sim, amor, eu sei que eu não devia
Querer demais o que eu nem sei o que é...

O que o homem quer de uma mulher?

Composição: Lucas Silveira · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Luana
Legendado por luisfelipevm e icanwaitforever
65.082 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais