Rap do Borel

William e Duda

Liberdade para todos nós djs (borel)
O demorô pra abalar (borel)
O demorô pra abalar (borel)
O demorô pra abalar (borel)

A-la-la-ôo a-la-la-uê
Chega de ser violento e deixa a paz nascer êê
A-la-la-ôo a-la-la-uê
Para os funkeiros sangue bom somos borel ate morrer

Se liga minha gente no que nos vamos falar
É de um morro tão querido
E as letras vão abalar
Lá no borel amigo é união paz e amor
Depois na comunidade vai dizer pra gente abalou

É o morro mais humilde do bairro tijucão
Por que meus amigos nos somos todos irmão
Lá é como uma familia é gente de montão
No morro e na favela só tem gente sangue bom

Por que meus amigos lá na comunidade
Nós fazemos a festa em troca de amizade
E uma das festa é para os morro sangue bom
Pra poder fazer amizade com os outros irmão

A-la-la-ôo a-la-la-uê
Chega de ser violento e deixa a paz nascer ê ê
A-la-la-ôo a-la-la-uê (hum)
Para os funkeiros sangue bom somos borel até morrer

Agora minha gente
William e duda vai fala
No morro mais humilde o endereço eu vou te dar
É numa rua linda é lá na rua são miguel, nós estamos é falando do morro do borel

Olha meus amigos muitos lá se foi
E isso entristeceu foi muita gente e também nós dois
Foram muitos amigos que foram para o céu
Por isso willian e duda pede a paz pro morro do borel

Viemos cantar pra poder lembrar
Um pouco dos amigos que se foi pra nunca mais voltar
A cor do nosso mundo é azul igual o céu
Em um lugar do mundo está o morro do borel
Não vamos esquecer dos amigos mc
Que no rio de janeiro estão cantando por aí
Garrincha e julinho, danda e tafarel
Ai que bonito gente willian e duda do borel
Olha meus amigos eu vou mandar tbm
Tem o mc mascote e o mc neném

A-la-la-ôo a-la-la-uê
Chega de ser violento e deixa a paz nascer ê ê
A-la-la-ôo a-la-la-uê (hum)
Para os funkeiros sangue bom somos borel até morrer

Massa tijucana escute o que vamos falar
No nome mais bonito que agora vamos citar
Morro do borel, o amor e a mineira,
Nova holanda e vigário, antares e a mangueira,
Engenho e a rainha, cruzada, abolição,
Andarai, rocinha, iriri, é o estadão,
Faz quem quer, faúna, vaz lobo, gardenia azul,
Turano, vila kennedy eu falei foi um por um

Jacaré manguinho, vargem, cidade de deus
Mas cantando esse rap no onibus ele quase desceu
Com a furacao e ninguém quiser parar
A gente escutava eles pedir pro baile nao parar

Lalalaou lalaue
Chega de ser violento e deixa a paz nascer êê
Lalalaooooo lalalaueeee (hum)
Para os funkeiros sangue bom somos borel ate morrer

Composição: William e Duda · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Harlei
14.727 exibições
Ver mais fotos

Comentários


Quem curte?

Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais