Mustang Cor de Sangue

Wilson Simonal

exibições 12.425

A questão social
Industrial
Não permite e não quer
Que eu ande a pé
Na vitrine um Mustang
Cor de sangue...

Tenho um novo ideal
Sexual
Abandono a mulher
Virgem no altar
Amo em ferro e sangue
Um Mustang
Cor de sangue...

No farol vejo o seu olhar
Minha mão toca a direção
No painel eu vejo
O seu amor
E o meu corpo
Invade o interior...

Huuuuuuuuuum!
A questão social
Industrial
Não permite que eu
Seja fiel
Na vitrine um Corcel
Cor de mel
Meu Corcel!
Cor de mel
Meu Corcel!

Lá Lá Lá Lalalalalá!
Lá Lá Lá Lalalalalá!
Lá Lá Lá Lalalalalá!

No farol vejo o seu olhar
Minha mão toca a direção
No painel eu vejo
O seu amor
E o meu corpo
Invade o interior...

Huuuuuuuuuuum!
A questão social
Industrial
Não permite que eu
Seja fiel
Na vitrine um Corcel
Cor de mel
Meu Corcel!
Cor de mel
Meu Corcel!
Cor de mel
Meu Corcel!

Composição: Marcos Valle/Paulo Sérgio Valle · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por erickmoreno
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback