O Homem D'Água

Zé Fortuna & Pitangueira

exibições 749

No rio paranapanema ai ai
A notícia esparramou
Que havia um homem d`agua ai ai
Perseguindo os pescador

Fui pescar naquele rio ai ai
Depois que o galo cantou
No céu a lua brilhava
E nas águas mostrava
Seu lindo esplendor.

Derrepente eu escutei ai ai
Bem distante um assovio
E na planície das águas ai ai
Ví quando um homem surgiu

Tinha só um olho na testa ai ai
Barbudo que nem dugiu
Mergulhou para o meu lado
E no rio prateado
De novo sumiu.

Quiz fugir mas lá na prôa ai ai
Homem d`agua pois a mão
Para virar a canoa ai ai
Mas com um golpe de facão

Cortei sua mão peluda ai ai
Foi a minha salvação
O homem d`agua fugiu
Deixando sobre o rio
De sangue um vermelhão.

No rio paranapanema ai ai
Nunca mais voltei pescar
E aconselho os pescadores ai ai
Pra consigo carregar

Um facão de aço puro ai ai
Pra dos perigos livrar
Patuá com reza braba
Por que o homem d`agua
Tá morando lá.
...

0 comentários
Terra Música feedback