Tattoo

Zeca Baleiro

exibições 10.497

Queria tatuar seu nome no meu pé
Mas ela não merece, diacho de mulher
Queria eternizar seu nome na tattoo
Ti voglio tanto bene
Je t'aime
I love you

Queria que tanto querer não fosse assim, demais
Queria que nossos amores fossem sempre iguais

Queria com ela fazer de sangue um pacto
Mas seu coração mandacaru, espinho, cacto
Queria lhe ofertar poemas e rondós
Mas ela me deixou na mão, assim, a sós

Queria que tanto querer não fosse assim, demais
Queria que nossos amores fossem sempre iguais


Afe! por quê?
Vixi!
Você não me deu moral
Nem tchans, nem tchuns pra mim

Triste é perder
Foi mal!
Perdi você!
E agora?
Créu!
Deus do céu, será que será meu fim?!

Queria lhe ofertar canções de amor e blues
Mas ela se mostrou indigna da minha luz
Queria lhe tratar à vinho, pão-de-ló...
Agora amargo estou, sem seu carinho, igual jiló

Queria que tanto querer não fosse assim, demais
Queria que nossos amores fossem sempre iguais

Afe! por quê?
Vixi!
Você não me deu moral
Nem tchans, nem tchuns pra mim

Triste é perder
Foi mal!
Perdi você!
E agora?
Créu!
Deus do céu, será que será meu fim?!

Terra Música
feedback