Lama Nas Ruas

Zeca Pagodinho

exibições 119.030

Deixa
Desaguar tempestade,
Inundar a cidade,
Porque arde um sol dentro de nós.

Queixas,
Sabes bem que não temos
E seremos serenos.
Sentiremos prazer no tom da nossa voz.

Veja o olhar de quem ama.
Não reflete um drama, não.
É a expressão mais sincera, sim.

Vim pra provar que o amor, quando é puro,
Desperta e alerta o mortal.
Aí é que o bem vence o mal.
Deixa a chuva cair, que o bom tempo há de vir.

Quando o amor decidir mudar o visual
Trazendo a paz no sol.
Que importa se o tempo lá fora vai mal?

Que importa
Se há tanta lama nas ruas
E o céu é deserto e sem brilho de luar?

Se o clarão da luz
Do teu olhar vem me guiar,
Conduz meus passos
Por onde quer que eu vá.

Veja o olhar de quem ama.
Não reflete um drama, não.
É a expressão mais sincera, sim.

Vim pra provar que o amor quando é puro,
Desperta e alerta o mortal.
Aí é que o bem vence o mal.
Deixa a chuva cair, que o bom tempo há de vir.

Quando o amor decidir mudar o visual
Trazendo a paz no sol.
Que importa se o tempo lá fora vai mal?

Que importa
Se há tanta lama nas ruas
E o céu é deserto e sem brilho de luar?

Se o clarão da luz
Do teu olhar vem me guiar,
Conduz meus passos
Por onde quer que eu vá. (se há).

Se há tanta lama nas ruas
E o céu é deserto e sem brilho de luar.

Se o clarão da luz
Do teu olhar vem me guiar,
Conduz meus passos
Por onde quer que eu vá.

Composição: Almir Guineto / Zeca Pagodinho · Esse não é o compositor? Nos avise.
Legendado por franklin_gaucho
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback