A Vida de São Sebastião

Zilo e Zalo

exibições 17.764

"O soldado Sebastião com seu uniforme dourado
Era o comandante da guarda daquele grande reinado
No antigo império romano era o primeiro soldado
Braço direito do rei, por ele muito estimado
Naquela era distante o cristão era condenado
Se acreditassem em Deus era logo sacrificado
O rei mandava prender e seu dia estava marcado
Era levado na arena e pelos leões era devorado
Aquele rei sem coração carrasco do império romano
Não acreditava em Deus, era malvado e profano
Sempre falando a todos que tenho poder sobre humano
Que o único Deus da terra, era ele, o rei soberano"

Deus do céu lá das alturas vendo tanta ingratidão
Enviou esta mensagem ao soldado Sebastião
Para proteger os pobres, todos que fossem cristão
Combater o rei tirano homem ruim sem religião

A partir deste momento Sebastião se transformou
Adorava Deus do céu que a missão lhe confiou
Mas o rei sabendo disso por vingança condenou
O soldado Sebastião que a Deus se dedicou

Quase louco envaidecido lhe falou o rei maldito
Eu sou Deus aqui na terra em mais nada eu acredito
Sebastião lhe respondeu com os olhos no infinito
Só existe um Deus no mundo nosso senhor Jesus Cristo

Com a resposta que deu num mourão foi amarrado
E seu corpo quase nu pelas flechas foi varado
Hoje é um santo milagroso foi por Deus glorificado
Conhecido me todo mundo São Sebastião abençoado

Terra Música feedback