Chama Essa Cerveja

Arreio de Ouro

exibições 23.837

Chama essa cerveja aí, parcero
e puxe o fole sanfoneiro
Hoje eu tou, que tou
terminei com meu amor
e não quero mais chorar

Chama essa cerveja aí, parceiro
e puxe o fole sanfoneiro
hoje eu tô a toa
com os amigos numa boa
na mesa de um bar

Pra quê eu vou ficar chorando?
Se já tem gente me olhando
Eu tô afim é de deixar rolar
Pra te esquecer vou comer água é ficar bêbo
Vou te trocar por outro beijo
Tô nem aí se não me perdoar

mas quem nunca errou mesmo amando alguém?
só quem errou perdoou também
jogue as mão pro céu, só quem já amou
mas a fila anda simbora parceiro, simbora beber pra esquecer essa dor

Chama essa cerveja aí, parceiro
e puxe o fole sanfoneiro
Hoje eu tou, que tou
terminei com meu amor
e não quero mais chorar

Chama essa cerveja aí, parceiro
e puxe o fole sanfoneiro
hoje eu tou a toa
com os amigos numa boa
na mesa de um bar

Pra quê eu vou ficar chorando?
Se já tem gente me olhando
Eu tô afim é de deixar rolar
Pra te esquecer vou comer água é ficar bêbo
Vou te trocar por outro beijo
Tô nem aí se não me perdoar

mas quem nunca errou, mesmo amando alguém
só quem errou perdou também
jogue as mão pro céu, só quem já amou
mas a fila anda simbora parceiro, simbora beber pra esquecer essa dor

Chama essa cerveja aí, parceiro
e puxe o fole sanfoneiro
Hoje eu tou, que tou
terminei com meu amor
e não quero mais chorar

Chama essa cerveja aí, parceiro
e puxe o fole sanfoneiro
hoje eu tou a toa
com os amigos numa boa
na mesa de um bar

Chama essa cerveja aí, parceiro
e puxe o fole sanfoneiro
Hoje eu tou, que tou
terminei com meu amor
e não quero mais chorar

Chama essa cerveja aí, parceiro
e puxe o fole sanfoneiro
hoje eu tou a toa
com os amigos numa boa
na mesa de um bar

Composição: Norberto Curvêlo (Cangaia de Jegue) · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Roger
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.
Terra Música feedback