Letras de músicas - Letras.mus.br

15 Segundos

ConeCrewDiretoria

Relaxa, e grude o ouvido na caixa
Escuta a faixa, uma mina e a bomba do Haxa
Pensamentos além, passa o bong do glen
Ataque Lírico na cara, kamicase rasta zen
Esse é o Movimento, a Fênix no fogo impera
Nunca fui escravizado pois sou rastafari alerta
Religião do Foda-se, só vagabundo
Recreio dos Traficantes irmão, então escute mudo.

(Batoré)
Sou Recreio dos Traficantes
Luto com um grande gigante
Sou Ghandi ,trank skunk, mas também tenho gangue punk
Jovens com anabolizante
Brigam quando bebem Gummy
Eu não peido pra Van Dame
Nem pra Crocodilo Dande
Todos eles nerd Flanders
Tem Pajero, moto e Hammer
De pistola diz ser band
Tem dindin e só come sundae
Realidade jorra sangue
Se o miliante é assaltante
São playboys ignorantes filho de algum comandante
Andam de bandão
Dizendo ser bom de chão
Se marca roubam cordão sem precisarem de um tustão
Batem na sua amada namorada nao da nada
Agora espanca a empregada porque a mãe é delegada
Taca fogo em algum índio foda-se se teu tio é síndico
Vai boiar no Oceano Indicio pra deixar de ser ridículo
Homem nunca leu versículo morre no próprio veiculo
Não é bem vindo no meu ciclo de amizades que convivo

(Cert)
Euuu, quero um base vem com 6, a verdade é única
Lirica, lúdica, rústica, publica
Então surta vagabundo, desse mundo eu meto o pulo
Teu juro, nulo, anulo sobre juras nesse mundo
É um buraco sem fundo, foram roubados seus fundos
Com uns 5 candangos juntos, fuga é a porta dos fundos
Teu barco afundou, me erra merda piso, sorte pra você
São momentos de trevas e nelas pelas vão correr
São sofrimentos, mas será que é pra aprender
São sequelas, velas, trelas, celas e belas pra comer
Os verdadeiros morrerão, não em vão, pelo pão
Da nação sem noção de união sem perdão
Ha-ha, dificuldade vira prosperidade
Quando simplicidade é aceita de verdade
Trairá, se te pego te mato no mato largado será
Com uma mina,e haxa,me relaxa, bong é bem estar

(Rany Money)
Nós resolveu fazer o que ama
Esse seu ás na manga já nao me engana
Vejo irmão se vendendo por grana
Só pensando em 15 segundos de fama
Por poucas gramas tem neguinho até que trama
Arma a "casinha" e te entrega pros cana
Entao bundão sei que tu nao me engana
Aproveita que é rapido teus segundos de fama
Eu fumei um finin do bom
Sentei e escrevi esse som
Lapidei meu dom encaixei no tom
Fiz a melodia certa e saiu essa cançao
Gata teu batom borrando a taça de chandon
É tudo que há de bom e embaixo do edredom
Tem que ter o dom nao adianta só fala que é o bom

Relaxa, e grude o ouvido na caixa
Escuta a faixa, uma mina e a bomba do Haxa
Pensamentos além, passa o bong do glen
Ataque Lírico na cara, kamicase rasta zen
Esse é o Movimento, a Fênix no fogo impera
Nunca fui escravizado pois sou rastafari alerta
Religião do Foda-se, só vagabundo
Recreio dos Traficantes irmão, então escute mudo.

(Maomé)
Se me levanto arrasado, presente vira passado
Pesado por ter passado do caçador ao caçado
Do imperador ao mal-tratado pelo mendigo amassado
Pela madame de carro e pelo polícia safado
Eu lá fechado sem fachada fechando na rima
Só vê quem é no bota a cara depois da faxina
Os sem-vergonha se revelam e tu nem imagina
Se é clandestino de olho grande não entra na China
São 5 anos caminhando, lutando e apanhando
Armando e jogando criando a contra-mando
Todo articulando, entrando, escancarando, improvisando e rimando
Amando tanto isso que eu faço, que ao fazer tão me julgando
Eu não me engano, eu não estou por debaixo do pano
Latino-Americano, sangue de Africano
Coração insano sem motivos tão matando
Sem razão por estar fazendo o que eles fazem gargalhando
Se humilhando e mendigando pois tudo que eles queriam
Era só ter o salário igual bônus de loteria
Ilusão faria, a vida desintegraria
E valor moral abrubto é o primeiro que se corrompia
Nada mais teria o que hoje eu tenho pra falar
Prefiro fugir disso e vou pra praia marolar
Se o mar estiver bombando os Black Trunk vão estar lá
No estilo Jamaica, essa onda eu vou dropar

(Rany Money)
Nós resolveu fazer o que ama
Esse seu ás na manga já nao me engana
Vejo irmão se vendendo por grana
Só pensando em 15 segundos de fama
Por poucas gramas tem neguinho até que trama
Arma a "casinha" e te entrega pros cana
Entao bundão sei que tu nao me engana
Aproveita que é rapido teus segundos de fama
Eu fumei um finin do bom
Sentei e escrevi esse som
Lapidei meu dom encaixei no tom
Fiz a melodia certa e saiu essa cançao
Gata teu batom borrando a taça de chandon
É tudo que há de bom e embaixo do edredom
Tem que ter o dom nao adianta só fala que é o bom

Relaxa...

Composição: Sabe quem é o compositor? Envie pra gente.
Enviada por Andressa
Legendado por LeozinSweet
  • Legenda
  • Cifra
  • Ouvir música
  • Palco MP3
  • Fotos
  • Vídeos
  • Imprimir
  • Corrigir
  • Enviar letra para...
424.759 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais