Letras de músicas - Letras.mus.br

Vai fala a vontade que eu nem me stresso
To nem ligando na humilde eu já nem te impeço
Porque tu fala de mim mesmo se eu não peço
Adora falar dos fracassos e se cala com meu sucesso
E eu sei que quem conta um conto aumenta um ponto
E a tua língua afiada nunca me da um desconto
Desculpa mas assim só vai arrumar um confronto
Teu papo não é reto e de tanta curva eu já estou tonto
Então ponto final já acabou sua moral
Se subir no morrão é certo vai passar mal
No asfalto é igual, seu conceito ta mal
Cola no bonde pra falar um monte..Na moral
Teu papo de 1 7 só serve pra alugar
Nunca vi as tuas conversas servir para ajudar
Não tem dó em semear e nem em espalhar discórdia
Depois não adianta chorar e vir pedir misericórdia
Porque eu sei que...."Falador Passa Mal..."

Caozada mal contada, palavra desregulada
Coversa fiada, chega de mancada
Falatório vale nada, tuas histórias tão mandadas
E sua mentira interpretada na roda é piada
Mala da crise de nervos
Fala pelos cotovelos
Cala o boca de bueiro
Mente e arrepia os cabelos
Chega, fala gíria, gesticula e faz gracinha
Dá risada, mão no ombro e articula a picuinha
Nem que usasse ele calcinha
Ainda apanha numa briga
Faz fofoca, mente muito, escolhe o alvo e faz intriga
Prejudica até quem se diz ser uma pessoa amiga
Vê o espírito dos outros e esquece da própria barriga
Poupa nem os das antigas
Logo um mordedor de fronha
Vai geral baixar a porrada no Pinóquio sem vergonha
Quebra o papo de cegonha
Que ele treme e solta as franga
Vive de casa alugada e diz que tem mansão em Angra
Mas quem mente o nariz cresce, nem só cresce como sangra

Sample:"Falador", é o que tu, é, mané
Não adianta que eu já vi, tu mentir pras mulher
"Falador", pela saco, invejoso, tá mandado
Gosta de atrasar os outros, pra adiantar o próprio lado
Lembro quando era apontado, desde pequeno era falado
Então pra todos os recalcados, um recado: Muito obrigado!
Se não fosse esse o passado, eu não teria o meu presente
E no futuro ia ta duro, então dê com a tua lingua nos dentes
Inteligente é o servente, que sempre anda pra frente
Independentemente, do coletivo de palestrante
Que sobe no palanque, cheio de alto falante, pega no microfone, e joga a seta na gente
Ma ahh, mah ahh, po ha mah ah mas quem mandou
Cala a boca, pra não gaguejar falador
Quer falar da minha fumaça, que eu pago, pra encher, meu peito?
Na moral D2 mas mantenha o respeito!!!

Eu nunca vi falar falar falar, falar assim
Na boa, cuida da tua que eu cuido de mim fella
Fella é como eu chamo você, me odeia porque eu sou o que ce queria ser (aham)
Mas tu não aguenta carregar minha dor
Porque aonde eu ando não anda falador (anda não)
Vai na macumba pra saber da minha vida, vai lá
Joga no Google pra saber da minha vida (xiiii)
Pouca mumunha e muito blá-blá-blá
Tu vê eu vindo dali por favor olha pra lá
Falador bla bla bla, na cavadinha, no sapatinho..ahhh
Tem que saber que isso não é papo de sujeito homem
Só falo meu nome, teu mantra é meu nome
Original reconhece os Originais
Por isso é que falador passa mal, rapaz

Cert: mas falaram de mim, falaram tanto, que hoje em dia, tou conhecido neguin.
Falo nada,
Batoré: deixa as fofocas pros vizinhos deixa eles me queimarem porque eu já nasci neguinho
Falo nada,
Cert: mas fala tu, se for pra eu falar neguin, vou te mandar tomar no..shhh...falo nada..
Batoré: Batoré bala no alvo to na mira de quem fala mas não decorando salmo ...falo nada
To mais velho e calvo ..muito mais calmo...

  • Enviar legenda
  • Cifra
  • Ouvir música
  • Fotos
  • Vídeos
  • Imprimir
  • Corrigir
  • Enviar letra para...
128.041 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais