Estrangeira

Conrado e Aleksandro

exibições 11.456

Não vá, preciso te amar, fica
Toda brasileira tem uma fogueira
Dentro de um vulcão, não pense que não
Não vá, preciso te amar, fica
Minha língua estrangeira
Não tem a beleza do seu coração

Quanto mais luto, mais lembro
Quanto mais lembro, me enrolo
Quanto mais sinto o seu cheiro
Mais você me apavora
E acha tão simples e baixa que tal
Eu tô achando, que tô sem moral

Meus versos tristes invadem
As suas veias azuis
Você dá o seu showzinho
Eu faço o sinal da cruz
Pra lembrar que preciso te amar na real
Eu tô achando, que tô sem moral

Não vá, preciso te amar, fica
Toda brasileira tem uma fogueira
Dentro de um vulcão, não pense que não
Não vá, preciso te amar, fica
Minha língua estrangeira
Não tem a beleza do seu coração

Quanto mais luto, mais lembro
Quanto mais lembro, me enrolo
Quanto mais sinto o seu cheiro
Mais você me apavora
E acha tão simples e baixa que tal
Eu tô achando, que tô sem moral

Meus versos tristes invadem
As suas veias azuis
Você dá o seu showzinho
Eu faço o sinal da cruz
Pra lembrar que preciso te amar na real
Eu tô achando, que tô sem moral

Não vá, preciso te amar, fica
Toda brasileira tem uma fogueira
Dentro de um vulcão, não pense que não
Não vá, preciso te amar, fica
Minha língua estrangeira
Não tem a beleza do seu coração

Não vá, preciso te amar, fica
Toda brasileira tem uma fogueira
Dentro de um vulcão, não pense que não
Não vá, preciso te amar, fica
Minha língua estrangeira
Não tem a beleza do seu coração

Terra Música feedback