Ser Feio Não é Defeito

Craveiro e Cravinho

Lá no bairro aonde eu moro tem uma mulher tagarela.
Não consegue ficar quieta tem a língua de tramela.
Ela me chamou de feio de nariz de apagar vela.
Mais viver bem eu consigo porque carrego um gosto comigo,
Posso até ser feio mais não sou dela.

Bate com a língua nos dentes mais pra ela não dou pelota.
Pra essa mulher faladeira estou servindo de chacota.
Feio também tem mulher cada um tem sua coota.
Por isso eu falo e sustento o que a gente faz tem um pagamento,
E eu volto o troco conforme a nota.

De ela me chamar de feio pouco importo eu não ligo.
Com toda minha feiúra consegui ter meu abrigo.
Quem desgava quer comprar é verdade o que lhe digo.
Ser feio não é defeito quem ama gosta de qualquer jeito,
É um ditado certo que vem dos antigos.

Deus me fez um homem feio pra não desmentir a raça.
Sou feio e vivendo assim feiúra não me embaraça.
Nem um bonito passou aonde esse feio passa.
Sou feio mais sou enjoado vale muito mais um feio engraçado,
Do que mais de cem bonito sem graça.

19.737 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais