Letras de músicas - Letras.mus.br

Se Um Dia

Delittus

Estou cansado de me defender
De tentar fingir o que eu não quero ser
De nunca deixar transparecer
Estou bambo em uma corda prestes a ceder

Entre o bem e o mal, o ser ou não ser
Entre o ódio e o amor
Entre os espinhos de uma flor

Se um dia ao olhar pra trás, você perguntar se esqueci você
Pode esquecer, aha
E ao olhar pra mim vai perceber que sempre amei você
Se um dia essa canção tocar, ver que é pra você
E ao ouvir chorar, por não me esquecer, aha
Ainda temos muito a viver
Não esqueci você

Estou cansado de me defender
De tentar fingir o que eu não quero ser
De nunca deixar transparecer
Estou bambo em uma corda prestes a ceder

Entre o bem e o mal, o ser ou não ser
Entre o ódio e o amor
Entre os espinhos de uma flor

Se um dia ao olhar pra trás, você perguntar se esqueci você
Pode esquecer, aha
E ao olhar pra mim vai perceber que sempre amei você
Se um dia essa canção tocar, ver que é pra você
E ao ouvir chorar, por não me esquecer, aha
Ainda temos muito a viver
Não esqueci você

Já não dá mais para fingir
Que não me importo com nós dois
Eu volto atrás, não vou fugir
Pois não suporto sofrer depois

Entre o bem e o mal, o ser ou não ser
Entre o ódio e o amor
Entre os espinhos de uma flor

Se um dia ao olhar pra trás, você perguntar se esqueci você
Pode esquecer, aha
E ao olhar pra mim vai perceber que sempre amei você
Se um dia essa canção tocar, ver que é pra você
E ao ouvir chorar, por não me esquecer
Me esquecer
Me esquecer
Não esqueci você!

Composição: Burn Eidelwein e Delittus · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Riane
Legendado por gueko
73.469 exibições
Ver mais fotos
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais