Letras de músicas - Letras.mus.br

O Rei da Montanha

Facção Central

Nunca gravei CD mas sou ídolo.
Astro pique Hollywood, mesmo sem filme exibido.
Êxito comparado a gênio de Wall Street,
transformei minha fome em Kawasaki Buick.

Virei Davi porque pus o Golias no tonel e queimei vivo.
Sou Moisés porque degolei o faraó do Egito.
Sem Apollo XI, pisei na lua.
Pra paralisia mental, sou Albert Sabin, a cura.

Mito, tipo Senna sem Mac Laren, de Astra,
dando pinoti na Força Tática.
Cheguei no nível Marvel, sem origem, mutante,
com sequestrado de Ray-Ban com fita isolante.

A foto do meu refém esperando resgate,
faz virar trote de faculdade, os presos no Iraque.
Não atrai a roupa suja de graxa ou respingada de tinta,
o capacete da obra, a luva do eletricista.

Porque o prêmio é cama Marabraz, nome no SPC,
mesmo em vinte e quatro parcelas no carnê.
Desde a creche é definido o joelho no milho,
colo só com neném de Pampers, não pra fralda de pano com mijo.

Nem masoquista quer ser o pai que falsifica receita,
esperando dó do cu da Pajero, fingindo que usa muleta.
O pacote Browning, doze molas, harém de piranha,
enterra o plebeu e dá luz ao rei da montanha.

Sou o hit da Billboard, o mito, a lenda,
honras de chefe de Estado, astro de cinema.
Sou o herói, o espelho, o sonho da criança,
a mão com a Micro-Uzi, o rei da montanha. (2x)

Colou um ganso de Opala, placa fria:
"Aí brother, liga quem vende uma farinha?"
Cuzão, cê é DENARC, nem saquei do coldre,
foi de bloco, não gasto bala em carne podre.

O boca a boca traz fama mais que flair, faixa,
em um minuto o ato heróico é louvado na quadra.
Injeta ânimo no pivete de Conga maior que o pé,
doação da patroa da mãe, descolado com chulé.

Vêem em mim a esperança de não acabar
vendendo churrasco, amendoim torrado, no terminal
Santo Amaro. Curo os quarenta de febre maculosa,
que vem do carrapato do pangaré que puxa a carroça.

Não quis ser pivô do All Star Games™ do crime,
quer ser pelé em Guadalajara, comandando o Dreamtime.
Só que pra ter o cinturão e o mundo aos seus pés,
é só com o inimigo nocauteado e o juiz contando dez.

Valeu Hiram Maxim, Georg Luger, Samuel Colt,
traca, revolver, pistola, grandes inventores.
Sem vocês não tinha chance da piscina climatizada,
do duplex com closed e sala de ginástica.

Minha mãe foi Joana d'Arc, polindo talher de prata,
mas não quis seu legado de rodo e bota plástica.
Quem tem coração de zumbi, não aceita cortar cana,
o vira-lata laçou a carrocinha, virou rei da montanha.

Sou o hit da Billboard, o mito, a lenda,
honras de chefe de Estado, astro de cinema.
Sou o herói, o espelho, o sonho da criança,
a mão com a Micro-Uzi, o rei da montanha. (2x)

A porta do inferno é larga, do céu é estreita,
exige rádio comunicador, doze punheteira.
A voz de Satã vem via satélite pela antena,
lava seu cérebro, te torna escravo da influência.

Põe na lancheira um bulldog em vez de pão com patê
pra vencer inimigo como Dragon Ball Z.
Não deixa o Monza Heat trazer a felicidade,
só vem com a Hugo Boss mandando o personal style.

Constituição é a promissória com o povo,
inadimplência fez Caeser Park, vira Bósnia, Kosovo.
Vi muito algemado indo pro exame de corpo delito,
sendo reconhecido atrás do vidro.

Porque quis comprar insulina, porque era diabético,
ou Rivotril pra controlar ataque epilético.
Vi em putrefação o vocal do coral que cansou de
sonhar com emprego no prédio da Força Sindical.

Virou cliente Itaú Personalité de Winchester,
roubou arma do G.O.E., pro empréstimo na Fininvest.
Aqui se o olheiro não ver seu talento no gramado,
tem mais um anunciando rins nos classificados.

Me preferem de calça bege recluso,
mesmo dezesseis vezes mais caro que educar um aluno.
Cuzão, não deixa minha Uzi ser o sonho das crianças,
não deixa um Ray Charles querer ser rei da montanha.

Sou o hit da Billboard, o mito, a lenda,
honras de chefe de Estado, astro de cinema.
Sou o herói, o espelho, o sonho da criança,
a mão com a Micro-Uzi, o rei da montanha. (x2)

Composição: Eduardo · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Raphael
  • Enviar legenda
  • Cifra
  • Ouvir música
  • Fotos
  • Vídeos
  • Imprimir
  • Corrigir
  • Enviar letra para...
68.687 exibições
Ver mais fotos
  1. Desculpa, Mãe
  2. Castelo Triste
  3. Estrada Da Dor 666
  4. Eu Não Pedi Pra Nascer
  5. 12 De Outubro
  6. Hoje Deus Anda De Blindado
  7. O Menino do Morro
  8. Versos Sangrentos
  9. A Marcha Fúnebre Prossegue
  10. O Rei da Montanha
  11. Roleta Macabra
  12. Aonde O Filho Chora E A Mãe Não Vê
  13. Apologia Ao Crime
  14. Isso Aqui É Uma Guerra
  15. O Espetáculo Do Circo Dos Horrores
  16. Cartilha do Ódio
  17. A Bactéria FC
  18. Anjo Da Guarda Vs Lúcifer
  19. Espada no Dragão
  20. Sei Que Os Porcos Querem Meu Caixão
  21. Aparthaid No Dilúvio de Sangue
  22. Brincando De Marionete
  23. O Homem Estragou Tudo
  24. Abismo Das Almas Perdidas
  25. Pacto com o Diabo
  26. O Circo Chegou
  27. A Guerra Não Vai Acabar
  28. Discurso Ou Revólver
  29. Favela Sinistra
  30. Outro Caminho
  31. Sem Luz No Fim do Túnel
  32. Pomba Branca
  33. Colecionador de Lágrimas
  34. Front de Madeirite
  35. Justiça Com As Próprias Mãos
  36. A História de Um Traficante
  37. Dia dos Finados
  38. A Minha Voz Está No Ar
  39. Sem Limites
  40. Mulheres Negras
  41. Conversando com os mortos
  42. Livro de Auto Ajuda
  43. Dias Melhores não Virão
  44. Bala Perdida
  45. Homenagem Póstuma
  1. Vida Loka Tambem Ama
  2. Um Gole de Veneno
  3. Proteção
  4. Alcatraz
  5. Sonhos Que Eu Nao Quero Ter
  6. País do Futebol
  7. De Mãos Dadas Com O Inimigo
  8. CNN Periferica
  9. Prepara As Algemas (part. Facção Central)
  10. A Capela Dos 50.000 Espíritos
  11. Assalto A Banco
  12. Um Grito de Socorro
  13. O Show Começa Agora
  14. Pesadelo do Sistema
  15. Detenção Sem Muros
  16. A Vida Ensina
  17. Eu To Fazendo o Que o Sistema Quer
  18. Chico Xavier do Gueto
  19. Resgate
  20. Tecla Pause
  21. A Cor
  22. Lágrimas de Sangue
  23. Cortando o Mal Pela Raiz
  24. Memórias do Apocalipse
  25. A paz está morta
  26. 765 Motivos Pra Morrer
  27. São Paulo - Awshvitiz Versão Brasileira
  28. Mundo (part. Sérgio Saas)
  29. Vidas Em Branco
  30. Aqui São Teus Cães
  31. Sonhei Com O Céu
  32. A Cidade É Nossa
  33. Carnificina
  34. Aperte O Gatilho Por Favor
  35. Estamos de Luto
  36. Não Quero Ser o Próximo Defunto
  37. Enterro De Um Santo
  38. No fim não existem rosas
  39. Nada É Mais Como Antigamente
  40. Pilantras
  41. Eu queria mudar
  42. Aqui Ela Não Pode Voar
  43. Dia Comum
  44. Em Nome Da Honra
  45. Quando Eu Sair Daqui
  1. No Trilho Do Vale Da Sombra
  2. Introdução
  3. O Pesadelo Prossegue
  4. Reflexões Do Corredor Da Morte
  5. Mensagem ao Céu
  6. O Passageiro da Agonia
  7. Pavilhão Dos Esquecidos
  8. IML
  9. Nós Por Nós
  10. Feridas leves
  11. Finalização
  12. De Encontro Com A Morte
  13. Quando É Que Vão Olhar Pro Inferno
  14. Um Mundo Melhor
  15. Espetáculo do Circo Dos Horrores
  16. Tensão
  17. A Paz é uma Pomba Branca
  18. Vão Ter Que Algemar Meu Cadaver
  19. A Mil Anos Luz da Paz
  20. Estratégia
  21. O Que o Sistema Quer
  22. O Que Os Olhos Veem
  23. A Malandragem Toma Conta
  24. O Poder Que Eu Não Quero
  25. Prisioneiro do Passado
  26. No Fim Não Existe Rosas
  27. Observando o Rio de Sangue
  28. Vozes Sem Voz
  29. Um Lugar Em Decomposição
  30. Interlúdio
  31. A Informação É a Luz
  32. A Mil Anos Luz da Paz
  33. Somos Assim (Juventude de Atitude)
  34. Roube Quem Tem
  35. Sangue, suor e lágrimas
  36. Fone maldito
  37. Atrás das grades
  38. Artista Ou Não
  39. Vida Baixa
  40. O Pavilhão Dos Esquecidos
  41. Morte Sem Lembrança (part. A286)
  42. Pra Vocês Faccionários
  43. Não Dê a Sua Cara a Tapa
Músicas
Ouvindo agora ouvintes online
    Artistas
    Estilos Musicais
    Playlists
    Recentes
      Destaques
      Últimos destaques
      Mais