Eu e a Tábua

Gabriel O Pensador

exibições 34.385

Outro dia eu
Tava em casa me sentindo na prisão
Jogando dardo na televisão
Estressado, cansado dessa vida louca
Olhei pro lado e vi a mulher passando roupa
Minha cueca azul, da cor do mar
Me deu vontade de ir pegar uma onda com a minha tábua de passar
E, pra fugir da rotina
Detonei uma vela pois não tinha parafina
Tudo em cima - "Vai pra onde amor?" Vamos a la playa... -
"Vamos a la playa?! Ô! Cê vai com quem?"
Eu, a tábua, e mais ninguém -
"E a roupa pra passar?"
Ah, deixa pra lá
Hoje eu não vou precisar do terno
Me passa a tábua e me deixa relaxar...
E que tudo mais vá pro inferno
Estou a dois passos do paraíso ...
Eu e a tábua de passar
Batalhando no front da guerra do cotidiano
Procuro uma trégua na linha do horizonte
E encontro um oceano
Às vezes me sinto um peixe fora d'água e de repente começo a chorar
Mas agora eu vejo tanta água aqui na minha frente que eu nem sei por onde começar
"Por onde eu vou entrar, pescador?" (-Ah, sei lá!)
Então eu vou no instinto, pego uma tábua e vâmo vê o que que dá
Começo a remar
E no começo eu levo onda na cabeça sem parar
O sufoco é passageiro
Mas eu fico sempre alerta feito um escoteiro
Porque o mar é traiçoeiro
E eu amo o mar, mas odeio esse cheiro
De leptospirose, hepatite, isso é o que não falta
Devia ter vindo com uma roupa de astronauta
Porque se eu caio dessa tábua
Eu tomo um caldo dessa onda e um gole dessa água
Estou a dois passos do paraíso...
Eu e a tábua de passar
Se o mar virar sertão e o sertão virar mar eu vou morar lá no sertão com a minha tábua de passar
Porque isso aqui tá muito bom, isso aqui tá bom demais - "...Atrás!!!!"
Devia ter visto minha cara de emoção: eu e a tábua por dentro do salão
Queria tirar uma foto quando o jato espirrou
Pra mostrar pros meus filhos, que lindo, pô...
Pelo menos em algum lugar eu me sinto em paz
Longe dos problemas banais
Preciso respirar um pouco
Navegar é preciso, senão eu fico louco
A maré não tá pra peixe lá fora do mar
Mas quem tá na água é pra se molhar
E eu vou em frente
Remando contra a corrente
Só pra exercitar
E nos caldos que a vida me dá
A minha tábua de salvação é a minha tábua de passar
"Longe da terra, perto da água, dentro do mar...
Longe da guerra, eu e a tábua, eu e a tábua de passar..."
Dizem que aqui tem tubarão
Mas minha mulher veio me buscar com o ferro quente na mão
Tá me chamando lá na beira
E eu aqui até agora esperando a saideira
Estou a dois passos do paraíso ...
Eu e a tábua de passar

Terra Música
feedback