Tá Bagunçado Mais Tem Gerência

João Carreiro e Capataz

exibições 98.664

O trem desandou
O trem desandou
Coração pirou e perdeu o freio
Por conta de uma paixão que chegou chegando e acertou em cheio
Tô vivendo num aperto
Mas pra dar jeito eu tenho a ciência
Vou mostrar que aqui do meu lado tá bagunçado, mas tem gerência
Vou mostrar que aqui do meu lado tá bagunçado, mas tem gerência

Chegou pisando miúdo
Que tá com tudo e quer dominar
Pôs arreio e calçou espora
E não vê a hora de executar
Me conheceu pingaiada
E agora, folgada, quer que eu largue de beber
Eu posso até aceitar, mas se é pra largar, largo de você

O trem desandou
O trem desandou
Coração pirou e perdeu o freio
Por conta de uma paixão que chegou chegando e acertou em cheio
Tô vivendo num aperto
Mas pra dar jeito eu tenho a ciência
Vou mostrar que aqui do meu lado tá bagunçado, mas tem gerência
Vou mostrar que aqui do meu lado tá bagunçado, mas tem gerência

Pra me conquistar foi me enganando
Me rodeando na maciota
Agora se falo em festa, franze a testa e tranca a porta
Matraqueia resmungando
Fica ciscando igual pata choca
Pode falar o que quiser
Pode chorar e bater o pé
Pouco me importa

O trem desandou
O trem desandou
Coração pirou e perdeu o freio
Por conta de uma paixão que chegou chegando e acertou em cheio
Tô vivendo num aperto
Mas pra dar jeito eu tenho a ciência
Vou mostrar que aqui do meu lado tá bagunçado, mas tem gerência
Vou mostrar que aqui do meu lado tá bagunçado, mas tem gerência

O trem desandou
O trem desandou
Coração pirou e perdeu o freio
Por conta de uma paixão que chegou chegando e acertou em cheio
Tô vivendo num aperto
Mas pra dar jeito eu tenho a ciência
Vou mostrar que aqui do meu lado tá bagunçado, mas tem gerência
Vou mostrar que aqui do meu lado tá bagunçado, mas tem gerência

Terra Música feedback